ÁREA CULTURAL E MOVIMENTO ASSOCIATIVO

 

Reconhecendo a importância do movimento associativo junto das comunidades portuguesas, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) disponibiliza apoios.

Para beneficiar desses apoios é necessária a credenciação das entidades (n.º 2 do artigo 4º do Decreto-Lei n.º 124/2017, de 27 de setembro) junto da Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (DGACCP).

 
Entidades elegíveis para credenciação:

▫ As associações e federações das comunidades portuguesas legalmente constituídas há mais de 1 ano, sem fins lucrativos e partidários, cujo objeto vise o benefício sociocultural das referidas comunidades;

▫ Outras pessoas coletivas nacionais ou estrangeiras constituídas há mais de 1 ano, sem fins lucrativos ou partidários, que proponham a realização de atividades que resultem em benefício das comunidades portuguesas e se enquadrem em pelo menos um dos objetivos e prioridades definidas no artigo 1.º do Decreto-Lei n.º 124/2017, de 27 de setembro.

 
Apresentação de candidaturas a apoio:

▫ Em regra, as candidaturas ao apoio (artigo 5.º Decreto-Leiº 124/2017, de 27 de setembro) para ações e projetos de movimentos associativos das comunidades portuguesas no estrangeiro decorrem entre 1 de outubro e 31 de dezembro de cada ano civil. Consulte a FAQs - Atribuição de Apoios pela DGACCP.

 

Consulte o Manual da Boas Práticas e a informação disponível em https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/apoios/area-cultural-e-movimento-associativo.

atualizado a 06-02-2020

 

VISITE PORTUGAL COM O PROGRAMA "PORTUGAL NO CORAÇÃO"

 portugalnocoraao

O objetivo do Programa “Portugal no coração” é levar a Portugal portugueses com mais de 65 anos de idade, residentes fora da Europa e que, por razões de ordem económica, não visitam o nosso País há mais de 20 anos.

Consulte a informação disponível emhttps://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/apoios/area-cultural-e-movimento-associativo/156-programa-portugal-no-coracao.

 

 ÁREA SOCIAL

 

 ÁREA JURÍDICA

  • Partilhe